quarta-feira, 25 de maio de 2011

Madame Grès em Paris


Essa dica é para quem estuda moda ou aprecia tanto a moda como arte e escultura.
Madame Grès, ganha retrospectiva em Paris.
Madame Grès, também conhecida como Marcelle Alix, Alix, Alix Grès, e Alix Barton, cujo nome verdadeiro era Germaine Krebs, nasceu no inicio do seculo XX, em 1899, na Grécia, e ocupou um lugar bastante importante na história da moda.
Grès tinha o sonho de ser escultora, e traduzia isso em sua arte e sua cultura - seus vestidos, quase sempre brancos e com drapeados, sem nenhuma ornamentação, lembravam as esculturas gregas.
Essa é a primeira feita para ela que desde os anos 30 trabalhava criando vestidos em jercey drapeados. Contemporânea de Madeleine Vionnet, poucos sabem que as duas disputam o título de raínhas do drapeado.
Mestra nos drapeados, intrigava a todos “escondendo” tão bem, metros e metros de tecido.
Dizia que quando criava uma roupa no corpo da cliente, o tecido, na maioria das vezes jerseys de seda, deveria ficar do jeito que caia, aproveitando o seu movimento natural. Sensacional. Uma escultura em forma de vestido.
Na exposição, que começou em março e vai até 24 de julho, estão expostas cerca de 80 peças que vêm do Museu Galliera e de coleções privadas, além de mais de 50 fotos de Richard Avedon
e Guy Bourdin e uma grande série de “croquis”.
Com o Musée Galliera, em reforma, essa é a primeira exposição feita fora de seus muros, no Musée Bourdelle onde esculturas em pedra e as criações de Madame Grès se harmonizam perfeitamente. Esta é uma excelente ocasião de conhecer este museu, raramente visitado.

Musée Bourdelle

18, rue Antoine Bourdelle 75015 Paris
Tél. : 01 49 54 73 73

www.bourdelle.paris.fr

Até 24 de julho 2011
Acesse o mini site da exposição:
www.parismusees.com/madame-gres

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário